Você sabe como estão usando seu app mobile?

Tempo de leitura: 2 minutos

A mobilidade é um evolução irreversível, talvez uma das mais fortes na história da tecnologia. Duas notícias recentes dão provas desse movimento e apontam que muito ainda está por vir:

  • Pela primeira vez, o número de smartphones superou o de computadores no Brasil.
  • O acesso à Internet via apps móveis ultrapassou o acesso via PCs nos Estados Unidos.

voce-sabe-como-estao-usando-seu-app-mobile_corpo_blog

Por essa razão, é natural que esteja acontecendo uma corrida para a criação de aplicativos móveis, muitas vezes sem um planejamento adequado, o que faz com que muitos deles fiquem abandonados nas lojas ou nos próprios smartphones das pessoas.

Mesmo quando há um bom planejamento, contando com o apoio de uma agência de comunicação e empresas especializadas em desenvolvimento mobile, é frequente um erro que, se evitado, poderia trazer um resultado bem melhor para as empresas: a falta de monitoramento no uso do app.

Como começar a entender o comportamento de uso

Pesquisas recentes de empresas como comScore, Nielsen e Statista mostram que o uso de apps vem crescendo significativamente, mas examinando no detalhe, fica claro que as empresas estão cuidando pouco de saber como eles estão sendo usados.

O passo mais básico para entender sobre o uso do app, cumprido por algumas empresas, é estar atento ao número de usuários que acessam em um determinado período de tempo. No entanto, encontrar empresas que segmentam essas pessoas, seja por características demográficas ou por comportamento de navegação, já é algo bem mais raro.

Existem outras formas de entender e medir o uso dos apps, como observar a taxa de retorno dos usuários e o volume de downloads, mas seja qual for a métrica, o mais importante é interagir com estes grupos de forma inteligente, precisa e se possível multicanal.

O objetivo é encontrá-lo onde ele estiver e oferecer incentivos para que ele sempre volte a acessar. Para isso, além das notificações push no smartphone e tablet, é interessante  complementar com mensagens por e-mail e até dentro do Facebook, interligando os vários ambientes e impactando as pessoas no lugar certo.

Só assim, buscando motivá-los e até orientá-los, é possível compreender como eles usam estes apps, o que vai auxiliar no direcionamento das atualizações e possibilitar a ativação constante dos usuários. E você, tem observado o desenvolvimento do mercado de apps móveis? Use os comentários para dizer o que pensa e vamos conversar sobre este dinâmico segmento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *