Ícone do site Blog Dito

CRM x ERP: conheça as diferenças entre essas ferramentas

Imagem ilustrativa de uma pessoa em dúvida.

Atualmente, a tecnologia é uma das principais aliadas das empresas, seja qual for porte e segmento de atuação. Afinal, por meio de softwares específicos é possível automatizar os processos, tornar a gestão muito mais eficaz e impulsionar os resultados do negócio. Entre eles estão o CRM e ERP. Enquanto o primeiro se refere a um sistema de gestão de relacionamento com o cliente, o segundo corresponde a soluções da gestão de processos organizacionais.

No entanto, é bastante comum ter dúvidas sobre a diferença entre eles. Por isso, preparamos este artigo. A seguir, você vai entender quando utilizar cada um deles e quais são os benefícios da integração desses sistemas. Ainda, vai descobrir para quem o CRM é mais vantajoso. Acompanhe!

Quando utilizar o CRM e quando utilizar o ERP?

Ambos são sistemas que contribuem muito para alavancar os resultados de uma empresa. Porém, eles têm objetivos diferentes. O CRM (Customer Relationship Management) é um sistema utilizado para gerir a base de clientes. Desse modo, facilita muito o trabalho das equipes de marketing e vendas, otimizando processos e gerando dados inteligentes.

Esse software reúne todas as informações sobre os consumidores. Assim, ele permite conhecer a fundo as necessidades e desejos do público, possibilitando traçar estratégias baseadas em dados para impulsionar as vendas, a comunicação e o engajamento.

Por sua vez, o ERP (Enterprise Resource Planning) é usado para o controle financeiro, fiscal e contábil da empresa. Por isso, integra todas as informações sobre o pagamento de despesas e recebimento de receitas, levando em consideração o custo de tributo de cada operação.

Ou seja, o CRM se refere aos processos comerciais e mercadológicos com o objetivo de aprimorar o relacionamento com os clientes; e o ERP trata dos processos operacionais da empresa com foco na eficiência e produtividade das equipes.

Quais os benefícios da integração desses sistemas?

Se você pretende ter uma gestão de excelência, a integração desses sistemas é a opção ideal. Isso porque o uso em conjunto permite a estruturação, padronização e otimização dos processos. Assim, melhora o relacionamento com os leads e clientes, ajudando a engajar e reter os consumidores.

A integração do CRM e do ERP agiliza o fluxo de informações, aumentando o desempenho das equipes da empresa e elevando a qualidade do trabalho. Por exemplo: assim que uma venda é realizada, os dados são enviados automaticamente ao setor de estoque, diminuindo o tempo de separação e entrega dos produtos aos clientes.

Outro ponto positivo é que todos os indicadores podem ser compartilhados. Dessa forma, pode-se fazer um acompanhamento mais eficaz para alcançar as metas.

Leia mais: Boas práticas para a integração de sistemas em e-commerces

Para quem o CRM é mais vantajoso?

Conforme já mencionamos, qualquer empresa, seja qual for seu porte e segmento, pode (e deve) utilizar as ferramentas do CRM. Então, ao contrário do que muitos imaginam, o sistema também é fundamental para os pequenos negócios, pois quanto mais cedo a empresa estruturar os processos, menos trabalho será necessário futuramente.

Ao conhecer as demandas do seu público-alvo, é possível melhorar a capacidade de articulação do time de vendas tanto na prospecção quanto na conversão de leads. Também, permite planejar campanhas de marketing mais direcionadas e com maior alcance e conversão.

O sistema traz uma verdadeira transformação no formato de trabalho, tornando-o mais ágil, eficaz e dinâmico.

Como você viu, as ferramentas de CRM e ERP são distintas, mas ambas contribuem muito para o desenvolvimento do negócio, principalmente quando integradas. E que o sistema de gestão de relacionamento com os clientes melhora a experiência dos consumidores, pois possibilita atender perfeitamente ao que desejam e necessitam. Assim, sua empresa alça voos mais longos e conquista espaço de destaque no mercado.

Mas, para isso, é preciso saber como implementar essa ferramenta nos processos. Por isso, não deixe de conferir dicas valiosas sobre como incentivar o uso do CRM pela equipe de vendas.

Leia mais: Integração de CRM no e-commerce e ERP não é um bicho de 7 cabeças

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Sair da versão mobile