Se você está em busca de conhecimento sobre como fazer uma notificação push no CRM, siga a leitura, pois este artigo vai te apoiar.

Um dos principais desafios vividos pelos varejistas que vendem via APP, é manter os usuários interessados pelo aplicativo.

A instalação é somente o primeiro passo! A verdadeira “batalha” é reter as pessoas que fizeram o primeiro acesso.

A melhor maneira de superar esse desafio da retenção é trabalhando o engajamento com campanhas de notificações push.

Para quem não conhece, as mobile push são aqueles avisos que aparecem na barra de status do smartphone sempre que os apps instalados desejam compartilhar alguma informação relevante, mesmo que não estejam sendo usados naquele momento.

Tais notificações podem ser enviadas de forma manual ou automática a usuários específicos, com base em dados como comportamento de uso, localização ou característica da pessoa.

O grande desafio é segmentar e personalizar as mensagens para conquistar a atenção.

Campanhas desinteressantes e irrelevantes, dificilmente, despertam o interesse dos usuários e, assim, não são capazes de elevar o engajamento com o aplicativo.

Para ajudar a área de CRM a elaborar campanhas com bons resultados, listamos aqui 4 ideias de abordagens para mensagens com foco em retenção.

Confira!

Faça perguntas ao usuário

Em um mundo em que o consumidor tem o poder de voz cada vez maior, fazer perguntas é uma forma de você mostrar que valoriza a opinião do seu usuário e que conhece bem seu perfil de uso.

As questões podem envolver a preferência da pessoa sobre um produto, um assunto do momento ou sobre o próprio app.

Aplicativos de e-commerce podem, por exemplo, perguntar sobre a cor preferida do usuário.

Apps de serviços podem usar questões para divulgar funcionalidades não usadas, no estilo de curiosidades (“Você sabia que…?).

Incentive com alguma recompensa

Simplesmente pedir ao usuário que abra seu aplicativo provavelmente não irá resultar em um aumento significativo no engajamento com o app.

É preciso incentivá-lo com algum propósito ou recompensa, como um código promocional ou uma novidade avassaladora.

Para isso, basta que a chamada da notificação contenha gatilhos mentais de urgência, como, por exemplo, dizer que o desconto só estará disponível por 1 hora ou que a novidade só será revelada aos primeiros cem usuários que acessarem o aplicativo.

Crie suspense para levar ao app

Dispare dicas cativantes e deixe seus usuários entenderem que descobrirão mais sobre o assunto abrindo o aplicativo.

Envolva-os em um clima de mistério, forneça pistas através das notificações push e deixe-os que descubram, acessando o app, alguma coisa interessante.

Bom lembrar que, como esta tática envolve gamification, deve ser usada com moderação para que não caia na rotina e acabe por afastar o usuário ao invés de atraí-lo. E não custa dizer que é preciso realmente ter algo interessante.

Caso contrário, o resultado será frustração.

Seja pessoal e vá direto ao ponto

Nesse mix de campanhas de push notification, guarde sempre espaço também para testar mensagens bem diretas. Se você monitora o comportamento de uso das pessoas, pode inferir o que desejam.

Neste caso, ofereça aquilo que seus usuários realmente querem, sempre de forma personalizada.

Mensagens push mobile do tipo “curto e grosso” podem funcionar bem e apresentar boas taxas de abertura e retenção se forem enviadas para as pessoas certas e na hora certa.

Só tome cuidado para criar os segmentos e gatilhos automáticos que realmente disparem uma mensagem relevante para cada usuário.

Concluindo

Use campanhas de notificações push com criatividade e as pessoas sempre estarão ativas e engajadas com seu aplicativo.

É importante sempre testar as diferentes abordagens e avaliar quais mensagens estão dando os melhores resultados conforme o perfil do seu público.

E você, já testou alguma estratégia de campanha de push notifications diferente destas abordadas aqui?

Conte-nos sua experiência pelo campo de comentários abaixo.

Postagens similares

Como fazer uma notificação push? Veja!

Se você está em busca de conhecimento sobre como fazer uma notificação push no CRM, siga a leitura, pois este artigo vai te apoiar.

Um dos principais desafios vividos pelos varejistas que vendem via APP, é manter os usuários interessados pelo aplicativo.

A instalação é somente o primeiro passo! A verdadeira “batalha” é reter as pessoas que fizeram o primeiro acesso.

A melhor maneira de superar esse desafio da retenção é trabalhando o engajamento com campanhas de notificações push.

Para quem não conhece, as mobile push são aqueles avisos que aparecem na barra de status do smartphone sempre que os apps instalados desejam compartilhar alguma informação relevante, mesmo que não estejam sendo usados naquele momento.

Tais notificações podem ser enviadas de forma manual ou automática a usuários específicos, com base em dados como comportamento de uso, localização ou característica da pessoa.

O grande desafio é segmentar e personalizar as mensagens para conquistar a atenção.

Campanhas desinteressantes e irrelevantes, dificilmente, despertam o interesse dos usuários e, assim, não são capazes de elevar o engajamento com o aplicativo.

Para ajudar a área de CRM a elaborar campanhas com bons resultados, listamos aqui 4 ideias de abordagens para mensagens com foco em retenção.

Confira!

Faça perguntas ao usuário

Em um mundo em que o consumidor tem o poder de voz cada vez maior, fazer perguntas é uma forma de você mostrar que valoriza a opinião do seu usuário e que conhece bem seu perfil de uso.

As questões podem envolver a preferência da pessoa sobre um produto, um assunto do momento ou sobre o próprio app.

Aplicativos de e-commerce podem, por exemplo, perguntar sobre a cor preferida do usuário.

Apps de serviços podem usar questões para divulgar funcionalidades não usadas, no estilo de curiosidades (“Você sabia que…?).

Incentive com alguma recompensa

Simplesmente pedir ao usuário que abra seu aplicativo provavelmente não irá resultar em um aumento significativo no engajamento com o app.

É preciso incentivá-lo com algum propósito ou recompensa, como um código promocional ou uma novidade avassaladora.

Para isso, basta que a chamada da notificação contenha gatilhos mentais de urgência, como, por exemplo, dizer que o desconto só estará disponível por 1 hora ou que a novidade só será revelada aos primeiros cem usuários que acessarem o aplicativo.

Crie suspense para levar ao app

Dispare dicas cativantes e deixe seus usuários entenderem que descobrirão mais sobre o assunto abrindo o aplicativo.

Envolva-os em um clima de mistério, forneça pistas através das notificações push e deixe-os que descubram, acessando o app, alguma coisa interessante.

Bom lembrar que, como esta tática envolve gamification, deve ser usada com moderação para que não caia na rotina e acabe por afastar o usuário ao invés de atraí-lo. E não custa dizer que é preciso realmente ter algo interessante.

Caso contrário, o resultado será frustração.

Seja pessoal e vá direto ao ponto

Nesse mix de campanhas de push notification, guarde sempre espaço também para testar mensagens bem diretas. Se você monitora o comportamento de uso das pessoas, pode inferir o que desejam.

Neste caso, ofereça aquilo que seus usuários realmente querem, sempre de forma personalizada.

Mensagens push mobile do tipo “curto e grosso” podem funcionar bem e apresentar boas taxas de abertura e retenção se forem enviadas para as pessoas certas e na hora certa.

Só tome cuidado para criar os segmentos e gatilhos automáticos que realmente disparem uma mensagem relevante para cada usuário.

Concluindo

Use campanhas de notificações push com criatividade e as pessoas sempre estarão ativas e engajadas com seu aplicativo.

É importante sempre testar as diferentes abordagens e avaliar quais mensagens estão dando os melhores resultados conforme o perfil do seu público.

E você, já testou alguma estratégia de campanha de push notifications diferente destas abordadas aqui?

Conte-nos sua experiência pelo campo de comentários abaixo.

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *