O início do inverno será no dia 21 de junho e os varejistas estão se questionando: o que vender na estação de 2023?

Aqui na Dito, os nossos clientes já estão com essa pergunta em mente e disparando campanhas sobre o tema há, pelo menos, 1 mês, então, nós já notamos algumas réguas que estão convertendo bem.

De imediato, devemos esclarecer que o objetivo deste artigo não é cravar “fórmulas mágicas”, mas sim, te inspirar para saber o que explorar nas suas ações de marketing.

Vamos às sugestões do que vender no inverno?

E-mail Marketing: Peças de Tricô

Nas últimas semanas temos percebido várias marcas enviando, por meio do nosso CRM, campanhas de E-mail Marketing, apresentando as novas coleções de peças de tricô; tanto para o público masculino quanto para o feminino.

E os resultados têm sido interessantes! Observamos e-mails com taxa de entrega de 99%, 35% de abertura e menos de 2% de taxa de rejeição.

E uma dica é não ficar somente no básico, pois, as peças coloridas têm sido bem clicadas pelas bases de consumidores impactadas.

WhatsApp: Produtos de Couro

Os itens de couro são presença garantida na estação mais fria do ano, então, se você está com dúvidas sobre o que vender no inverno, vai de couro e o sucesso será garantido.

Uma dica interessante, embasada por campanhas reais via WhatsApp, é não querer apenas vender lançamentos, mas também, orientar o cliente sobre como cuidar dos produtos adquiridos.

Alguns varejistas que tiveram esse cuidado no relacionamento com o consumidor, registraram campanhas com até 13% de taxa de conversão.

Antecipação da “Sale”

Em 2022, segundo o IEMI – Inteligência de Mercado, os artigos de proteção contra o frio superaram 201 milhões de peças confeccionadas, gerando receitas de R$ 8,4 bilhões para a indústria nacional.

Apesar deste super impacto positivo que o inverno traz para o varejo, neste ano, nós temos visto que algumas marcas estão um pouco receosas quanto ao atingimento das metas.

Graças a esse cenário, somado às incertezas político-econômicas, parte dos varejistas estão adiantando “sales” que só aconteceriam em julho. Se você navegar em alguns e-commerces, encontrará ofertas com até 50% OFF.

Perante isso, o que faz mais sentido para o seu negócio? Dar atenção para a venda de produtos específicos ou colocar, de imediato, parte da coleção com descontos agressivos?

O poder do SMS na Sale

Se você tem uma loja virtual e optar pela estratégia de Sale, o SMS para e-commerce é uma mídia poderosa para vender mais, especialmente, entre clientes que não têm o e-mail preenchido no cadastro.

O texto do SMS, se construído à base dos gatilhos mentais da “urgência” e da “escassez”, vão induzir o consumidor ao clique e à compra por impulso.

Para ilustrar, em um único mês, alguns dos nossos clientes chegaram a conquistar com campanhas de SMS os seguintes resultados:

  • Taxa de entrega: 87,9%
  • Taxa de cliques: 29,1%
  • Taxa de conversão: 2,9%

Incrível, não é! Se você é do time que duvida do SMS, te aconselhamos a repensar e passar a aplicá-lo para vender mais nesse inverno.

E para concluir este texto, mas sem interromper a sua jornada de aprendizado, te sugerimos ler o artigo que o Sócio Diretor da Dito, Pedro Ivo, publicou no E-commerce Brasil com o tema:

Ainda é sustentável dar desconto no varejo?

Quando finalizar, conte pra gente nos comentários o que achou destes conteúdos! Esperamos te ver por aqui novamente. Até breve!

Postagens similares

O que vender no inverno?

O que vender no inverno? Veja sugestões para aumentar o faturamento

O início do inverno será no dia 21 de junho e os varejistas estão se questionando: o que vender na estação de 2023?

Aqui na Dito, os nossos clientes já estão com essa pergunta em mente e disparando campanhas sobre o tema há, pelo menos, 1 mês, então, nós já notamos algumas réguas que estão convertendo bem.

De imediato, devemos esclarecer que o objetivo deste artigo não é cravar “fórmulas mágicas”, mas sim, te inspirar para saber o que explorar nas suas ações de marketing.

Vamos às sugestões do que vender no inverno?

E-mail Marketing: Peças de Tricô

Nas últimas semanas temos percebido várias marcas enviando, por meio do nosso CRM, campanhas de E-mail Marketing, apresentando as novas coleções de peças de tricô; tanto para o público masculino quanto para o feminino.

E os resultados têm sido interessantes! Observamos e-mails com taxa de entrega de 99%, 35% de abertura e menos de 2% de taxa de rejeição.

E uma dica é não ficar somente no básico, pois, as peças coloridas têm sido bem clicadas pelas bases de consumidores impactadas.

WhatsApp: Produtos de Couro

Os itens de couro são presença garantida na estação mais fria do ano, então, se você está com dúvidas sobre o que vender no inverno, vai de couro e o sucesso será garantido.

Uma dica interessante, embasada por campanhas reais via WhatsApp, é não querer apenas vender lançamentos, mas também, orientar o cliente sobre como cuidar dos produtos adquiridos.

Alguns varejistas que tiveram esse cuidado no relacionamento com o consumidor, registraram campanhas com até 13% de taxa de conversão.

Antecipação da “Sale”

Em 2022, segundo o IEMI – Inteligência de Mercado, os artigos de proteção contra o frio superaram 201 milhões de peças confeccionadas, gerando receitas de R$ 8,4 bilhões para a indústria nacional.

Apesar deste super impacto positivo que o inverno traz para o varejo, neste ano, nós temos visto que algumas marcas estão um pouco receosas quanto ao atingimento das metas.

Graças a esse cenário, somado às incertezas político-econômicas, parte dos varejistas estão adiantando “sales” que só aconteceriam em julho. Se você navegar em alguns e-commerces, encontrará ofertas com até 50% OFF.

Perante isso, o que faz mais sentido para o seu negócio? Dar atenção para a venda de produtos específicos ou colocar, de imediato, parte da coleção com descontos agressivos?

O poder do SMS na Sale

Se você tem uma loja virtual e optar pela estratégia de Sale, o SMS para e-commerce é uma mídia poderosa para vender mais, especialmente, entre clientes que não têm o e-mail preenchido no cadastro.

O texto do SMS, se construído à base dos gatilhos mentais da “urgência” e da “escassez”, vão induzir o consumidor ao clique e à compra por impulso.

Para ilustrar, em um único mês, alguns dos nossos clientes chegaram a conquistar com campanhas de SMS os seguintes resultados:

  • Taxa de entrega: 87,9%
  • Taxa de cliques: 29,1%
  • Taxa de conversão: 2,9%

Incrível, não é! Se você é do time que duvida do SMS, te aconselhamos a repensar e passar a aplicá-lo para vender mais nesse inverno.

E para concluir este texto, mas sem interromper a sua jornada de aprendizado, te sugerimos ler o artigo que o Sócio Diretor da Dito, Pedro Ivo, publicou no E-commerce Brasil com o tema:

Ainda é sustentável dar desconto no varejo?

Quando finalizar, conte pra gente nos comentários o que achou destes conteúdos! Esperamos te ver por aqui novamente. Até breve!

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *