O Dia dos Pais tem se mostrado uma das datas mais importantes para as empresas que têm e-commerce. E a prova desta afirmação está nos dados publicados pela Abcomm.

De 2018 até 2023, por exemplo, o faturamento do comércio eletrônico saltou de 2.7 para 6.2 bilhões de reais (+130%). E o volume de pedidos evoluiu de 6.1 milhões para 13.8 milhões.

ABcomm

No que tange ainda ao faturamento, o resultado de 2023 foi superior ao de 2020 e 2021; anos onde, devido à pandemia, o e-commerce era o canal prioritário para fazer pedidos.

Esses números falam por si só, e quando observamos outros indicadores de 2024, como o Same Customer Sales, passamos a ter mais certeza que, neste ano, a expectativa é positiva.

Perante esse cenário promissor, confira algumas ações que você já pode começar a aplicar em julho (ou antes).

Revisão do SEO

Agende um horário com o seu Analista e verifique como anda o SEO on Page e SEO off Page.

Avalie o desempenho das páginas, especialmente nos smartphones, a otimização das descrições de produto, a usabilidade, possíveis “links quebrados” e etc.

Obviamente esses pontos devem ser investigados durante todo o ano, no entanto, quando se fala de datas comemorativas como o Dia dos Pais, é crucial ter ainda mais atenção.

Pop-ups e formulários

Boa parte das pessoas deixa para fazer compras na semana do Dia dos Pais, porém, já em julho, você pode configurar alguns pop-ups para capturar leads qualificados, alegando que eles receberão ofertas VIPS.

Lembre-se que há sempre quem gosta de pesquisar com antecedência, então, pegando o contato desse público, a sua marca poderá trabalhar estratégias de CRM antes, durante e depois do evento.

Customização da loja virtual

Pode parecer óbvio, mas não custa reforçar.

Após a 2ª quinzena de julho, passe a personalizar as páginas da loja virtual (design, textos, palavras-chaves e etc.) com base na temática “Dia dos Pais” e não faça isso de forma aleatória.

Crie conteúdos que realmente fazem sentido para a sua data-driven persona e que estejam alinhados ao comportamento de busca dela.

Réguas de pós-venda

Não deixe de configurar (ou revisar) no CRM as réguas de pós-venda, ou seja, garanta que as comunicações transacionais e de relacionamento, tal como as pesquisas de opinião estão funcionando corretamente.

Adquirir novos clientes durante o Dia dos Pais é bastante importante, contudo, retê-los e manter o contato próximo nos meses seguintes é ainda mais relevante.

Logística e Estoque

Para concluir este artigo, analise o desempenho da sua loja virtual no ano anterior e verifique o volume de pedidos fechados e itens mais comprados.

Com base nestes dados, abasteça o seu estoque estrategicamente a fim de assegurar que a mensagem de “produto indisponível” não surja nunca ou poucas vezes.

Leia os feedbacks dos consumidores, preferencialmente os negativos, e investigue se há algum “gargalo” na logística de entrega e/ou de devolução dos pedidos.

Pouco adianta ter um e-commerce “bonito” e navegável, se as compras feitas não chegarem aos consumidores.

E agora, finalizando, conta pra gente: você já havia se atentado para todos os tópicos deste artigo?

Deixe a sua opinião no campo de comentários abaixo.

Postagens similares

Dia dos pais no E-commerce

Dia dos Pais no E-commerce: o que esperar em 2024?

O Dia dos Pais tem se mostrado uma das datas mais importantes para as empresas que têm e-commerce. E a prova desta afirmação está nos dados publicados pela Abcomm.

De 2018 até 2023, por exemplo, o faturamento do comércio eletrônico saltou de 2.7 para 6.2 bilhões de reais (+130%). E o volume de pedidos evoluiu de 6.1 milhões para 13.8 milhões.

ABcomm

No que tange ainda ao faturamento, o resultado de 2023 foi superior ao de 2020 e 2021; anos onde, devido à pandemia, o e-commerce era o canal prioritário para fazer pedidos.

Esses números falam por si só, e quando observamos outros indicadores de 2024, como o Same Customer Sales, passamos a ter mais certeza que, neste ano, a expectativa é positiva.

Perante esse cenário promissor, confira algumas ações que você já pode começar a aplicar em julho (ou antes).

Revisão do SEO

Agende um horário com o seu Analista e verifique como anda o SEO on Page e SEO off Page.

Avalie o desempenho das páginas, especialmente nos smartphones, a otimização das descrições de produto, a usabilidade, possíveis “links quebrados” e etc.

Obviamente esses pontos devem ser investigados durante todo o ano, no entanto, quando se fala de datas comemorativas como o Dia dos Pais, é crucial ter ainda mais atenção.

Pop-ups e formulários

Boa parte das pessoas deixa para fazer compras na semana do Dia dos Pais, porém, já em julho, você pode configurar alguns pop-ups para capturar leads qualificados, alegando que eles receberão ofertas VIPS.

Lembre-se que há sempre quem gosta de pesquisar com antecedência, então, pegando o contato desse público, a sua marca poderá trabalhar estratégias de CRM antes, durante e depois do evento.

Customização da loja virtual

Pode parecer óbvio, mas não custa reforçar.

Após a 2ª quinzena de julho, passe a personalizar as páginas da loja virtual (design, textos, palavras-chaves e etc.) com base na temática “Dia dos Pais” e não faça isso de forma aleatória.

Crie conteúdos que realmente fazem sentido para a sua data-driven persona e que estejam alinhados ao comportamento de busca dela.

Réguas de pós-venda

Não deixe de configurar (ou revisar) no CRM as réguas de pós-venda, ou seja, garanta que as comunicações transacionais e de relacionamento, tal como as pesquisas de opinião estão funcionando corretamente.

Adquirir novos clientes durante o Dia dos Pais é bastante importante, contudo, retê-los e manter o contato próximo nos meses seguintes é ainda mais relevante.

Logística e Estoque

Para concluir este artigo, analise o desempenho da sua loja virtual no ano anterior e verifique o volume de pedidos fechados e itens mais comprados.

Com base nestes dados, abasteça o seu estoque estrategicamente a fim de assegurar que a mensagem de “produto indisponível” não surja nunca ou poucas vezes.

Leia os feedbacks dos consumidores, preferencialmente os negativos, e investigue se há algum “gargalo” na logística de entrega e/ou de devolução dos pedidos.

Pouco adianta ter um e-commerce “bonito” e navegável, se as compras feitas não chegarem aos consumidores.

E agora, finalizando, conta pra gente: você já havia se atentado para todos os tópicos deste artigo?

Deixe a sua opinião no campo de comentários abaixo.

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *