Especialmente para marcas varejistas “jovens”, é essencial capturar e-mails dos usuários que acessam o e-commerce, afinal, é preciso aumentar a base para começar a criar estratégias de retenção.

Essa tarefa é relativamente simples, no entanto, é fundamental executá-la com cautela, pois o excesso de formulários e pop-ups pode levar o internauta a “abandonar” a loja virtual.

Para ilustrar, podemos citar aqui um relato apresentado no site Search Logistics, escrito pelo especialista em marketing digital Matthew Woodward.

Para avaliar como essas “janelas” afetam o comportamento dos usuários, ele programou um pop-up para ser aberto 7 segundos após o visitante acessar uma determinada página.

Os resultados foram a queda de 9% no número de páginas por visita e 10% no tempo médio de duração das visitas no site.

O pop-up se mostrou um desestímulo à leitura. Algumas pessoas não gostam de ver janelas como essa, especialmente, quando elas surgem como “obstáculo” à navegação.

Por isso, separamos aqui algumas sugestões para capturar e-mails e, consequentemente, maximizar o volume de cadastros na base do seu CRM.

Confira!

Pop-ups de saída

Como dissemos na introdução, configurar um pop-up para aparecer logo quando o usuário entra no site, pode não ser uma boa ideia.

Contudo, automatizá-lo para ser exibido quando o internauta “ameaça” sair da página, é uma ótima alternativa.

Essa tecnologia, conhecida como exit-intent, é capaz de determinar, pelo movimento do mouse, quando o usuário está se preparando para deixar o site.

Neste momento, um pop-up é exibido e você tentará converter o visitante em um lead.

Soft pop-up na rolagem da página

Um dos métodos mais sutis para capturar e-mails é a exibição do chamado “soft pop-up” depois que o usuário rola uma determinada parte da página.

Uma pequena caixa de subscrição é exibida no rodapé do browser, de preferência com um efeito de slide, tornando-se claramente visível, porém, sem interromper a leitura ou parecer algo invasivo.

Barra horizontal no topo

Um recurso simples, discreto e eficiente: uma pequena barra horizontal no topo do site, convidando os visitantes a se cadastrarem na sua base.

Não se esqueça de fazer com que a barra acompanhe a rolagem da página e se mantenha visível durante toda a navegação.

Também é importante usar uma mensagem curta e objetiva, com um call to action (CTA) para cadastramento.

Uma forma legal que encontramos para fazer isso é incentivando o cadastramento nessa barra horizontal com um social login.

Amostra de conteúdo rico

Essa sugestão é direcionada para marcas que já trabalham com o marketing de conteúdo para e-commerce, em especial, para aquelas que já tem um blog no ar.

Nesse sentido, você pode produzir um material rico e liberar o acesso dele apenas para as primeiras páginas, sendo que para ver o restante do conteúdo, será preciso se cadastrar.

Exemplo: crie um e-book com o título “10 combinações de looks para arrasar no verão”.

Quem chegar até esse material, conseguirá ver livremente as 3 primeiras dicas, entretanto, para visualizar as outras 7, deverá preencher um formulário com nome, e-mail e telefone para contato.

Esse tipo de “permuta” funciona muito bem, afinal, se há um benefício bom, as pessoas, geralmente, não se importam em fornecer alguns dados em troca.

Só não se esqueça de fazer esta ação, considerando as premissas da LGPD.

Resumindo

Identificar as pessoas que entram no seu site é fundamental para abrir um canal de relacionamento, fazer lead nurturing e fortalecer a retenção.

Assim, também será possível entender o comportamento de navegação de cada cliente e captar seus interesses.

Quais dos métodos apresentados neste artigo são mais eficientes para você?

Compartilhe a sua experiência com a gente no campo de comentários abaixo.

Postagens similares

4 formas de capturar e-mails no seu e-commerce

Especialmente para marcas varejistas “jovens”, é essencial capturar e-mails dos usuários que acessam o e-commerce, afinal, é preciso aumentar a base para começar a criar estratégias de retenção.

Essa tarefa é relativamente simples, no entanto, é fundamental executá-la com cautela, pois o excesso de formulários e pop-ups pode levar o internauta a “abandonar” a loja virtual.

Para ilustrar, podemos citar aqui um relato apresentado no site Search Logistics, escrito pelo especialista em marketing digital Matthew Woodward.

Para avaliar como essas “janelas” afetam o comportamento dos usuários, ele programou um pop-up para ser aberto 7 segundos após o visitante acessar uma determinada página.

Os resultados foram a queda de 9% no número de páginas por visita e 10% no tempo médio de duração das visitas no site.

O pop-up se mostrou um desestímulo à leitura. Algumas pessoas não gostam de ver janelas como essa, especialmente, quando elas surgem como “obstáculo” à navegação.

Por isso, separamos aqui algumas sugestões para capturar e-mails e, consequentemente, maximizar o volume de cadastros na base do seu CRM.

Confira!

Pop-ups de saída

Como dissemos na introdução, configurar um pop-up para aparecer logo quando o usuário entra no site, pode não ser uma boa ideia.

Contudo, automatizá-lo para ser exibido quando o internauta “ameaça” sair da página, é uma ótima alternativa.

Essa tecnologia, conhecida como exit-intent, é capaz de determinar, pelo movimento do mouse, quando o usuário está se preparando para deixar o site.

Neste momento, um pop-up é exibido e você tentará converter o visitante em um lead.

Soft pop-up na rolagem da página

Um dos métodos mais sutis para capturar e-mails é a exibição do chamado “soft pop-up” depois que o usuário rola uma determinada parte da página.

Uma pequena caixa de subscrição é exibida no rodapé do browser, de preferência com um efeito de slide, tornando-se claramente visível, porém, sem interromper a leitura ou parecer algo invasivo.

Barra horizontal no topo

Um recurso simples, discreto e eficiente: uma pequena barra horizontal no topo do site, convidando os visitantes a se cadastrarem na sua base.

Não se esqueça de fazer com que a barra acompanhe a rolagem da página e se mantenha visível durante toda a navegação.

Também é importante usar uma mensagem curta e objetiva, com um call to action (CTA) para cadastramento.

Uma forma legal que encontramos para fazer isso é incentivando o cadastramento nessa barra horizontal com um social login.

Amostra de conteúdo rico

Essa sugestão é direcionada para marcas que já trabalham com o marketing de conteúdo para e-commerce, em especial, para aquelas que já tem um blog no ar.

Nesse sentido, você pode produzir um material rico e liberar o acesso dele apenas para as primeiras páginas, sendo que para ver o restante do conteúdo, será preciso se cadastrar.

Exemplo: crie um e-book com o título “10 combinações de looks para arrasar no verão”.

Quem chegar até esse material, conseguirá ver livremente as 3 primeiras dicas, entretanto, para visualizar as outras 7, deverá preencher um formulário com nome, e-mail e telefone para contato.

Esse tipo de “permuta” funciona muito bem, afinal, se há um benefício bom, as pessoas, geralmente, não se importam em fornecer alguns dados em troca.

Só não se esqueça de fazer esta ação, considerando as premissas da LGPD.

Resumindo

Identificar as pessoas que entram no seu site é fundamental para abrir um canal de relacionamento, fazer lead nurturing e fortalecer a retenção.

Assim, também será possível entender o comportamento de navegação de cada cliente e captar seus interesses.

Quais dos métodos apresentados neste artigo são mais eficientes para você?

Compartilhe a sua experiência com a gente no campo de comentários abaixo.

Posts Similares

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *