4 dicas para aumentar o valor do cliente para o seu negócio

Tempo de leitura: 3 minutos

O Lifetime Value (LTV) é um indicador muito útil para medirmos o valor da vida útil dos clientes, ou seja, quanto um consumidor vale para sua empresa. Como já explicamos antes em um artigo sobre o assunto, o LTV é calculado usando todos os lucros gerados pelo cliente durante o tempo em que vocês estão juntos.

Para avançarmos nisso, vamos agora mostrar de forma prática como você pode manter o seu cliente por um tempo maior, aumentando a recorrência de conversões e o quanto ele gasta em cada compra. Para isso, temos 4 dicas básicas.

valor-do-cliente-interna

1. Crie relacionamentos duradouros

Para conseguir manter um relacionamento duradouro entre você e os seus clientes, aumentando o Lifetime Value, existem duas regras básicas:

  • Seja honesto: mantenha os interesses do seu cliente em primeiro plano, ainda que, para isso, você precise diminuir sua margem de lucro no curto prazo.
  • Seja parceiro: crie uma parceira estratégica entre o seu negócio e os seus clientes. Um relacionamento que é benéfico para ambas as partes pode ser positivo e duradouro.

2. Construa lealdade à marca

A lealdade à marca é uma das coisas que mais aumentam o Lifetime Value. Uma forma excelente de manter essa fidelidade é se ater sempre aos valores e às qualidades iniciais pretendidas e oferecidas.

Um produto que, ao criar nome e lugar no mercado, deixa de lado a qualidade, tende a perder mais clientes. Ter um serviço de atendimento de qualidade também é uma forma de se destacar dentre os concorrentes e conquistar a lealdade dos seus clientes.

3. Cross-selling e up-selling

Implementar este tipo de estratégia às suas vendas pode, além de aumentar a sua receita final, ser estrategicamente imprescindível para aumentar o seu Lifetime Value. O Cross-selling é uma técnica na qual entendemos a necessidade do consumidor e oferecemos outros produtos complementares ao que ele comprou.

Por exemplo, alguns dias depois que o consumidor recebeu um terno que comprou na loja online, mandamos uma mensagem perguntando se ele gostou do produto e oferecendo uma gravata que vai combinar.

Já o Up-selling é contar ao seu cliente que, com um investimento um pouco maior, ele irá ter um produto ou serviço com mais vantagens. Ou seja, incentivamos o consumidor a gastar um pouco mais para levar um produto superior.

É muito mais fácil induzir alguém que já está comprando coisas a comprar uma ou outra a mais, do que convencer um possível cliente de que ele deve comprar algo de você. Investir nas vendas adicionais e acompanhadas é importante pois aumenta a sua receita e solidifica o seu relacionamento com o cliente.

Vale ressaltar que, ao usar essas técnicas, a sua empresa não estará empurrando produtos para o cliente, já que os produtos estão relacionados com coisas que ele compra e que podem ser muito úteis para o consumidor. É uma tática de venda onde todo mundo ganha. Para usá-las corretamente, vejamos algumas considerações:

  • Tenha controle: não venda por vender. Analise o que é realmente útil para o seu cliente e o deixará mais satisfeito.
  • Crie pontes: mostrar recomendações de outros clientes pode ser crucial para que seu cliente ganhe a sua confiança.

 

4. Retenção e valor do cliente

Para trazer sempre seus cliente de volta e gerar novas conversões e vendas, precisamos implementar ações de marketing de retenção. A comunicação com os consumidores pode ser personalizada e automatizada com a tecnologia.

Já existem boas ferramentas para você entender o perfil das pessoas que entram no seu site ou app mobile e, a partir daí, enviar mensagens segmentadas e multicanais. O resultado desse investimento é a redução dos gastos com aquisição de clientes e, consequentemente, o aumento do LTV.

Comente logo abaixo e compartilhe usando as redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *