Como criar CTAs matadores para suas campanhas de email marketing

Tempo de leitura: 3 minutos

De todos os e-mails que você recebe, em quantos você clica para saber mais, visitar o site da empresa ou mesmo para comprar um produto? E você já parou pra pensar o que leva você a realizar uma ação em alguns e-mails e nem considerar outros? A diferença pode estar no famoso CTA, o “call to action”.

Nesse post vamos falar mais sobre o que é um CTA e como criar CTAs melhores para gerar mais resultados para as suas campanhas de email marketing.

 

Afinal, o que é um CTA?

A sigla CTA significa “call to action” que, ao pé da letra, significa “chamado para ação”, ou seja, é o recurso utilizado para levar seu cliente ou prospect para realizar uma ação que você espera dele.

O que faz um CTA ser matador?

Um CTA matador é aquele que provoca o maior número possível de cliques. Quando o CTA é bom, ele faz o receptor do e-mail fazer a ação que você propõe, seja marcar uma reunião, realizar uma compra, acessar um conteúdo ou fazer um download.

Os 10 mandamentos para criar um call to action matador

  1. Capriche no e-mail marketing como um todo, começando pelo assunto. Não adianta ter um ótimo CTA para um e-mail que o usuário nem chega a abrir;
  2. Explore a personalização. Seja no corpo do e-mail ou no CTA, a personalização ajuda a criar proximidade com o receptor, sempre que possível use dados variáveis;
  3. O CTA precisa ter relação com o tema do e-mail. Não crie um CTA para que o cliente compre um produto se você não falar sobre este produto no e-mail;
  4. O CTA precisa ter a ver com o que a pessoa está procurando. Por isso, é preciso que os seus contatos estejam bem segmentados e que os e-mails sejam encaminhados para os grupos certos;
  5. Ofereça algo atrativo. Para que a pessoa faça a ação que você deseja ao ler o e-mail, você precisa oferecer algo que desperte o interesse do seu cliente ou prospect, seja um desconto para a compra de um produto, um material com mais informações;
  6. O CTA precisa ser claro. Você precisa deixar explícita a ação que você espera do receptor do e-mail e ele precisa entender e concordar com ele;
  7. Use um verbo de ação. Um “call to action”, como o nome diz, precisa chamar à ação e para isso você precisa de um bom verbo;
  8. Muitos verbos de ação são visto como spam pelos serviços de emails. Por isso, quando for colocar um chamado para ação, o ideal é que ele esteja em uma imagem e não seja lido como texto.
  9. Destaque o CTA. Ele precisa estar separado do corpo do e-mail para chamar a atenção do leitor;
  10. Explore recursos como cores e botões. Certifique-se que quem for criar o layout do seu e-mail tenha conhecimentos de usabilidade para que o CTA seja destacado e atrativo visualmente.

Seguindo esses 10 mandamentos seus CTAs com certeza serão muito mais persuasivos e a sua taxa de conversão deve aumentar consideravelmente. Lembre-se sempre que o que faz um bom e-mail marketing é o seu conjunto, então capriche nos e-mails e nos CTAs para ter sempre os melhores resultados.

Quer mais dicas matadoras para melhorar a performance das suas campanhas de e-mail marketing? Então confira todo o conteúdo que temos no nosso blog pra lhe ajudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *