Ícone do site Blog Dito

Boas práticas para a integração de sistemas em e-commerces

O varejo digital vem conquistando uma alta popularidade nos últimos anos. Não apenas em razão do aumento de consumidores virtuais, mas também por tratar-se de um canal extremamente estratégico para as marcas.

Contudo, entrar no comércio eletrônico não se resume à simples contratação de uma plataforma. Para que um e-commerce ofereça a melhor experiência tanto para quem o opera quanto para clientes, é importante atentar-se à qualidade das integrações a demais sistemas.

Neste artigo, elencamos algumas boas práticas para ajudar o seu e-commerce neste desafio.

O que são integrações?

Integrações em e-commerces servem para assegurar a transmissão de informações entre a loja virtual e demais sistemas e áreas do negócio. No entanto, é importante ressaltar que elas não se resumem ao comércio eletrônico, mas inclusive às unidades físicas das marcas. 

O objetivo principal de integrações entre e-commerces e sistemas e plataformas é evitar erros de ordem logística e de gestão para o negócio. Por isso, é fundamental contar com integrações confiáveis e de qualidade.

Em caso de integrações feitas de forma incorreta em lojas virtuais, podem ocorrer diversos contratempos. Duplicação de dados, venda de itens fora de estoque, dificuldade de gestão de produtos e canais, entre outros inconvenientes que prejudicam a operação do negócio, bem como a experiência do comprador. 

Tipos de integração

Como mencionamos, as integrações também servem para facilitar a experiência do cliente em um e-commerce. Desde o compartilhamento de produtos e conteúdos em redes sociais até a disponibilização de formas de pagamento diversificadas, é essencial pensar em todas as etapas da jornada de compra do consumidor e em como contribuir para que cada uma seja intuitiva, simples e segura.

Alguns dos principais tipos de integração que devem considerados em um e-commerce são:

Como realizar integrações em e-commerces

Cada plataforma apresenta uma linguagem própria, que não necessariamente conversa com demais sistemas. A integração é o jeito técnico de traduzir essa linguagem, de forma que diversos softwares consigam conversar entre si automaticamente. 

Esse processo pode ser feito de algumas formas. As mais comuns são realizadas por meio de API ou webservice. Basicamente, ambos se baseiam em amarrar a transmissão de dados de diferentes sistemas para que haja uma comunicação instantânea entre eles. 

Dito + VTEX

Recentemente, a parceria Dito + VTEX foi consolidada com o propósito de apoiar e simplificar os desafios estratégicos, operacionais e técnicos que os varejistas enfrentam no processo de transformação digital. 

A VTEX é a maior plataforma de e-commerce da América Latina, com tecnologia SaaS e detentora de mais de 2500 lojas em 28 países.

Os principais diferenciais da parceria são a agilidade na integração dos dois sistemas, que pode ser realizada em questão de horas e a ferramenta Dito Agenda, solução omnichannel focada em otimizar vendas on e off, além de gerar relacionamento escalável e personalizado com a base de clientes. Saiba mais clicando aqui

Sair da versão mobile