Sempre com o intuito de oferecer a melhor experiência possível para os clientes, as marcas apostam em diversas estratégias de CRM em seus canais de venda.

No artigo de hoje, vamos falar sobre a venda assistida no varejo e seus benefícios.

O que é venda assistida?

Trata-se do acompanhamento de um atendente ao cliente durante sua permanência em determinado ponto de venda.

Nesse formato de atendimento, o consumidor não escolhe seus produtos sozinho e vai ao caixa realizar o pagamento. 

No atendimento assistido, o vendedor se disponibiliza a acompanhar o cliente durante o processo de compra e não se restringe às lojas físicas.

Muitos e-commerces disponibilizam canais internos para esclarecimento de dúvidas e demais solicitações dos visitantes.

Inclusive, é interessante salientar que o uso da venda assistida dentro do universo omnichannel apresenta muitas vantagens, como controlar de forma simplificada os produtos em estoque e disponibilizar ofertas customizadas que sejam direcionadas ao perfil de cada consumidor. 

Em alguns nichos do Varejo, é bastante comum a venda assistida. Marcas de roupas, móveis, decoração, entre outros segmentos, fazem uso dessa estratégia com o objetivo de proporcionar um atendimento personalizado e atencioso aos seus clientes.

Fale com um especialista da Dito

Benefícios da venda assistida

Oferecer a venda assistida em seu ponto de venda é um diferencial para os clientes. Em tempos tão competitivos, lembre-se que diferenciar-se por um bom atendimento vale ouro.

Nesse sentido, o atendimento assistido serve ao propósito de oferecer uma escolha ao consumidor. Ele tem a opção de percorrer a loja e conhecer os produtos sozinho, ou pode aceitar o auxílio de um atendente. 

Considere este cenário: seu consumidor entre em uma loja de roupas para comprar um presente, mas não tem muita ideia do que será.

O vendedor é uma figura fundamental para ajudá-lo nesse processo de decisão, bem como apresentar as opções (cores, tamanhos, tecidos) disponíveis de acordo com a dor que o cliente relatar. 

Confira abaixo os principais benefícios de implementar a venda assistida nos seus pontos de venda.

Agilidade

Para clientes que possuem pouco tempo, a venda assistida gera um valor para além do bom atendimento. Imagine que o mesmo cliente do exemplo acima tem apenas o horário de almoço para fazer sua refeição, ir ao shopping, escolher uma loja e comprar um presente.

O tempo é curto e certamente ele poderia contar com uma ajuda.

Venda consultiva

Faz toda a diferença conversar com um especialista em um assunto que você não domina, não é?

O papel do vendedor na venda assistida tem esse caráter consultivo, como um verdadeiro Personal Shopper.

É importante que os atendentes sejam treinados não apenas para prestar um bom atendimento, mas para esclarecer dúvidas sobre os produtos da marca. 

Formas de pagamento, prazos para entrega, valor do frete, rendimento dos produtos, dicas para lavagem do tecido e até mesmo palpites (quem nunca perguntou para uma vendedora se aquele vestido caiu bem, não é mesmo?). 

Relacionamento

Conquistar a lealdade de clientes passa, inclusive, pela construção de um bom relacionamento.

Uma boa execução da venda assistida impacta diretamente na experiência do cliente, podendo ser considerada uma estratégia de retenção.

Não se esqueça que a jornada do cliente é bem mais extensa do que se pensa.

Após a conclusão da compra, abre-se uma gama de possibilidades de contato e engajamento para estimular a recorrência daquele consumidor. Por isso, cause uma excelente primeira impressão e invista em um atendimento de qualidade.

A sua marca utiliza a estratégia de venda assistida em seus pontos de venda? Se não, considere essa tática para trabalhar o seu atendimento e, por consequência, seu relacionamento com os consumidores.

Postagens similares

venda assistida

O que é venda assistida? Entenda!

Sempre com o intuito de oferecer a melhor experiência possível para os clientes, as marcas apostam em diversas estratégias de CRM em seus canais de venda.

No artigo de hoje, vamos falar sobre a venda assistida no varejo e seus benefícios.

O que é venda assistida?

Trata-se do acompanhamento de um atendente ao cliente durante sua permanência em determinado ponto de venda.

Nesse formato de atendimento, o consumidor não escolhe seus produtos sozinho e vai ao caixa realizar o pagamento. 

No atendimento assistido, o vendedor se disponibiliza a acompanhar o cliente durante o processo de compra e não se restringe às lojas físicas.

Muitos e-commerces disponibilizam canais internos para esclarecimento de dúvidas e demais solicitações dos visitantes.

Inclusive, é interessante salientar que o uso da venda assistida dentro do universo omnichannel apresenta muitas vantagens, como controlar de forma simplificada os produtos em estoque e disponibilizar ofertas customizadas que sejam direcionadas ao perfil de cada consumidor. 

Em alguns nichos do Varejo, é bastante comum a venda assistida. Marcas de roupas, móveis, decoração, entre outros segmentos, fazem uso dessa estratégia com o objetivo de proporcionar um atendimento personalizado e atencioso aos seus clientes.

Fale com um especialista da Dito

Benefícios da venda assistida

Oferecer a venda assistida em seu ponto de venda é um diferencial para os clientes. Em tempos tão competitivos, lembre-se que diferenciar-se por um bom atendimento vale ouro.

Nesse sentido, o atendimento assistido serve ao propósito de oferecer uma escolha ao consumidor. Ele tem a opção de percorrer a loja e conhecer os produtos sozinho, ou pode aceitar o auxílio de um atendente. 

Considere este cenário: seu consumidor entre em uma loja de roupas para comprar um presente, mas não tem muita ideia do que será.

O vendedor é uma figura fundamental para ajudá-lo nesse processo de decisão, bem como apresentar as opções (cores, tamanhos, tecidos) disponíveis de acordo com a dor que o cliente relatar. 

Confira abaixo os principais benefícios de implementar a venda assistida nos seus pontos de venda.

Agilidade

Para clientes que possuem pouco tempo, a venda assistida gera um valor para além do bom atendimento. Imagine que o mesmo cliente do exemplo acima tem apenas o horário de almoço para fazer sua refeição, ir ao shopping, escolher uma loja e comprar um presente.

O tempo é curto e certamente ele poderia contar com uma ajuda.

Venda consultiva

Faz toda a diferença conversar com um especialista em um assunto que você não domina, não é?

O papel do vendedor na venda assistida tem esse caráter consultivo, como um verdadeiro Personal Shopper.

É importante que os atendentes sejam treinados não apenas para prestar um bom atendimento, mas para esclarecer dúvidas sobre os produtos da marca. 

Formas de pagamento, prazos para entrega, valor do frete, rendimento dos produtos, dicas para lavagem do tecido e até mesmo palpites (quem nunca perguntou para uma vendedora se aquele vestido caiu bem, não é mesmo?). 

Relacionamento

Conquistar a lealdade de clientes passa, inclusive, pela construção de um bom relacionamento.

Uma boa execução da venda assistida impacta diretamente na experiência do cliente, podendo ser considerada uma estratégia de retenção.

Não se esqueça que a jornada do cliente é bem mais extensa do que se pensa.

Após a conclusão da compra, abre-se uma gama de possibilidades de contato e engajamento para estimular a recorrência daquele consumidor. Por isso, cause uma excelente primeira impressão e invista em um atendimento de qualidade.

A sua marca utiliza a estratégia de venda assistida em seus pontos de venda? Se não, considere essa tática para trabalhar o seu atendimento e, por consequência, seu relacionamento com os consumidores.

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *